« Voltar | Início » Notas » A governadora que é ruim da cabeça e de conta

A governadora que é ruim da cabeça e de conta

Rosa

Há quase um ano, quando a prefeita Micarla de Sousa foi escorraçada da prefeitura, escrevi que a situação do Rio Grande do Norte era a pior possível e coloquei a culpa nas suas oligarquias. Ora, todos sabem que os políticos potiguares não têm programas de governo, têm programa familiar.

No mesmo texto, mencionei alguns problemas de ordem estrutural e a incapacidade do governo de resolvê-los, ressaltando um detalhe relevante: Rosalba, naquele momento, estava na metade do mandato, ou seja, teria mais dois anos no comando do Estado… Em matéria de Rosalba, vocês sabem, o que é ruim hoje pode ficar ainda pior amanhã.

A reação de agripinistas e rosadistas, como de hábito, foi imediata. Fui atacado de todas as maneiras. O tempo passa, o tempo voa… E mais uma vez este escriba estava certo.O Governo de Rosalba atrasou o pagamento de salários de setembro. Isso não ocorria desde o governo Geraldo Mello (1987-1991) aquele usineiro que foi eleito prometendo novos ventos, novos tempos. O resultado é conhecido!

O argumento da governadora é a de que a receita de setembro não acompanhou o crescimento da despesa. A tese do governo não se sustenta, segundo o deputado Fernando Mineiro. No artigo abaixo, ele demonstra que as contas estão erradas. Confiram:

Por Fernando Mineiro

Onde o Governo Rosalba aplicou a arrecadação de setembro?

O governo afirma que a arrecadação deste mês foi menor do que as despesas.Segundo li, em setembro a receita foi de R$ 586 milhões e as despesas chegaram a R$ 636 milhões.

É preciso que a gestão do DEM mostre o detalhamento desses dados. E não adianta pesquisar no Portal da Transparência porque ali os dados são muito diferentes, como pode ser observado por quem se dá ao trabalho de acessá-lo.

Façamos algumas contas.

A folha de pagamento do mês de agosto foi de R$ 342 milhões de reais. Com o crescimento vegetativo de 5%, poderá chegar a R$ 360 milhões agora em setembro. Os repasses aos outros poderes foram de R$ 717 milhões, de janeiro a setembro. Logo, cerca de 70 milhões ao mês.

Uma folha de 360 milhões, mais os repasses aos outros poderes de R$ 70 milhões, soma 440 milhões.

O governo disse que as despesas chegaram a R$ 636 milhões em setembro.A pergunta é: em que foram gastos os R$ 186 milhões que sobram para fechar a conta?

Para que se tenha transparência e os números sejam conhecidos de fato, apresentei requerimento solicitando que a Assembleia envie ofício ao Secretário de Planejamento e Finanças solicitando o detalhamento das receitas e das despesas no mês de setembro de 2013. E estou no aguardo dos esclarecimentos.

Share

2 ideias sobre “A governadora que é ruim da cabeça e de conta

  1. Não foi no governo(?) Agripino que os salários atrasaram pela última vez não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *